Universidade de Évora

Available actions

Reader available actions

 

Universidade de Évora

Description details

Description level

Fonds   Fonds

Reference code

PT/AUC/ELU/UEVORA

Title type

Controlado

Date range

1288  to  1837 

Accumulation dates

1559-1759

Dimension and support

111 u. i. (54 cx., 57 liv.); pergaminho e papel.

Extents

54 Caixas
57 Livros

Holding entity

Arquivo da Universidade de Coimbra

Producer

Universidade de Évora; Colégio do Espírito Santo; Colégio da Madre de Deus de Évora; Igreja de S. João de Montemor-o-Novo e Prebenda da Vera Cruz; Mosteiro de S. Jorge de Milréus de Coimbra; Mosteiro do Salvador de Paço de Sousa

Biography or history

A Universidade de Évora foi fundada em 1559 pelo Cardeal D. Henrique e extinta, no ano de 1759, por Marquês de Pombal.

Embora a vontade de criar uma Universidade no Alentejo tenha vindo já do tempo de D. Manuel I, foi o Cardeal D. Henrique, a quem preocupava a falta de membros do clero bem preparados para ensinar a doutrina às gentes do Alentejo e do Algarve, que levou a cabo tal empresa.

Sendo arcebispo de Évora resolveu fundar um colégio de clérigos e jesuítas e dar-lhe as rendas necessárias para a sua sobrevivência.

De Coimbra e de Lisboa foram alguns religiosos, que chegaram a Évora em 5 de outubro de 1551, e foi este grupo que deu origem à nova Instituição, que veio a ser conhecida pelo nome de Colégio do Espírito Santo e Universidade de Évora.

Na presença do Cardeal, em 1553, o colégio foi inaugurado; criam-se três classes de Humanidades, onde se lecionou grego e latim e uma de Casos de Consciência, para formação de clérigos. O número de alunos cresceu com a fama do colégio, e quis então D. Henrique elevá-lo à categoria de Universidade. Para isso, tentou obter autorização Papal, justificando-se com a grande distância a que Coimbra ficava, bem como a falta de teólogos e pessoas bem preparadas que pudessem ensinar a palavra de Deus.

O Papa Paulo IV, através da Bula de Erecçam da Vniversidade. Anno 1558 autorizou a criação de uma Universidade em Évora sob a direção e administração da Companhia de Jesus; e a Bula Cum a Nobis, de abril de 1559, instituiu a nova Universidade. Inaugurada oficialmente em 1 de novembro de 1559, o Bispo de Targa, em representação do cardeal D. Henrique, tomou posse da nova Universidade e entregou-a à Companhia de Jesus.

Após a extinção da Companhia de Jesus e o encerramento da Universidade de Évora os bens e os diversos cartórios que possuía (colégios, casas, igrejas e mosteiros) foram entregues à Universidade de Coimbra, por Carta de Doação Régia de D. José I, datada de 4 de julho de 1774.

Acquisition information

Doação feita por carta Régia de D. José I, datada de 4 de julho de 1774.

Scope and content

A documentação reflete a estrutura orgânica e sobretudo funcional e os momentos históricos que a marcaram, mostrando a sua evolução e a sua inserção na cidade de Évora e na região, e a projeção que viria a ter não só no país e nas províncias ultramarinas mas também no mundo.

A documentação deste fundo diz, essencialmente, respeito à gestão académica, administrativa e patrimonial dos bens, de que se destacam os documentos relacionados com constituição e regulamentação: como os estatutos, alvarás, bulas, breves, privilégios e provisões e na gestão académica dos alunos: os livros de matrículas, de exames de atos e graus, informações de legitimidade de alunos, etc.

Fazem ainda parte do fundo vários processos cíveis, nomeadamente: demandas e sentenças, a par de escrituras de emprazamento, correspondência e outros títulos.

Neste fundo estão, ainda, descritos como subfundos, os arquivos das seguintes Instituições vinculadas:

Colégio da Madre de Deus de Évora (1500 / 1837),

Igreja de São João de Montemor-o-Novo e Prebenda da Vera Cruz (1379 / 1739),

Mosteiro de São Jorge de Milreus de Coimbra (1148 /1781),

Mosteiro do Salvador de Paço de Sousa (1346 / 1772).

Arrangement

O fundo foi classificado em secções e estas em séries, ordenadas alfabeticamente e, por sua vez, os documentos encontram-se ordenados cronologicamente dentro de cada série.

Foi elaborado um quadro de classificação, com as seguintes secções: Constituição e Regulamentação; Gestão Académica; Gestão Financeira; Gestão da Informação e Documentação; Gestão Patrimonial; Gestão de Pessoal; Justiça / Contencioso.

Language of the material

Português

Other finding aid

Inventário: Inventário: CAPELO, Ludovina Cartaxo - Inventário do Fundo documental da Universidade de Évora. Évora, Universidade de Évora, 2010;

Catálogo: PEREIRA, G. Catalogo dos pergaminhos do cartório da Universidade de Coimbra, 1881.

Publication notes

CAPELO, Ludovina Cartaxo (2010) - ”Inventário do Fundo documental da Universidade de Évora”. Évora, Universidade de Évora.